Cacela ao vento, 2010

Ventos dos quatro quadrantes, fortes ou suaves como a brisa… apontam direcções, sopram nas folhagens das árvores, nas ondas do mar ou nas velas dos barcos, agitam roupa nos estendais, elevam papagaios de papel… Em Cacela Velha, no Verão, o vento fez girar dezenas de cataventos, moinhos de vento, engenhos e esculturas.

“Cacela ao Vento” valorizou a vertente tradicional destes patrimónios do vento com a colocação, nos telhados, de cataventos produzidos por latoeiros locais, e com a dispersão, nas zonas de jardim e próximo da ria, de moinhos de vento, caravelas e espanta pássaros construídos pela população, como os que observamos frequentemente nas nossas hortas ou apoios de pesca na beira-mar. No núcleo histórico da aldeia, valorizou-se uma dimensão mais contemporânea e criativa, com o desafio a artistas plásticos que conceberam esculturas cinéticas e sonoras que interagem com o vento.

No âmbito desta iniciativa e do trabalho regular que o CIIPC desenvolve com a comunidade educativa, dinamizou-se ainda durante as férias lectivas, duas Oficinas de construção de cataventos, moinhos de vento, caravelas, espanta-pássaros, um dirigido a crianças e outro a famílias.

Cacela ao vento

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s