Category: Uncategorized

Abre ao público no dia 23 de Julho, sexta-feira, a exposição “COR. Composição com pigmentos naturais das terras de Cacela” de Ricardo Baptista que estará patente no CIIPC até final do mês de Setembro.

HORÁRIO

De segunda a sexta-feira

Julho e Agosto

9h00 às 15h00

Setembro

9h00 às 13h00 e 14h00 às 17h00

Continuar a ler

O TOMILHO nº 34

Já saiu um novo número do Tomilho (Julho /Agosto), nº 34.

O Tomilho é o boletim do CIIPC / CMVRSA, com edição bimensal, no qual se dá conhecimento das nossas actividades, mas onde se dá também voz à população publicando fotografias antigas e registando memórias, saberes-fazeres, tradições festivas, receitas e objectos. Um instrumento valioso que vem garantindo um envolvimento da população local no trabalho que desenvolvemos.

Neste número, damos destaque à Quinta da Manta Rota. A partir de uma fotografia antiga, pesquisa histórica e depoimentos orais debruçamo-nos sobre a sua história em tempos mais recentes. A partir dos vestígios arqueológicos na quinta, conhecidos já desde finais do séc. XIX, procuramos compreender a presença romana neste território. Damos ainda destaque a duas ânforas romanas identificadas ao largo de Cacela.

Boas leituras!

CONCERTOS D’ENCANTO

Cacela Velha, 16 a 18 de Julho

Na impossibilidade de organização das Noites d’Encanto, atendendo às restrições impostas pela COVID 19, a proposta para a continuação de uma programação cultural em Cacela Velha, valorizando a herança islâmica e as culturas mediterrânicas, passa pelos “Concertos d’Encanto”, um conjunto de 3 concerto com músicas do Mediterrâneo Oriental, Magreb e Europa Medieval, nos dias 16, 17 e 18 de Julho. Os concertos, com os grupos Iman Kandoussi, Abu Tammam e Axabeba, terão lugares no Largo da Fortaleza, pelas 21h00.

IMAN KANDOUSSI

Músicas do Mediterrâneo Oriental e Magrebe

Largo da Fortaleza

16 Julho, 21h

ABU TAMMAM

Músicas do Médio Oriente + giro sufi e dança tanora

Largo da Fortaleza

17 Julho, 21h

AXABEBA

Músicas da Europa Medieval

Largo da Fortaleza

18 Julho, 21h

Entrada livre com lugares reservados on-line em www.bol.pt

Link directo: https://cm-santoantonio.bol.pt/Comprar/Bilhetes/97644-concertos_d_encanto_cacela_velha-camara_municipal_de_vila_real_de_santo_antonio/Sessoes

Evento seguro de acordo com as orientações da DGS.

Inserido Projecto Bezaranha – Programação Cultural em Rede

INFORMAÇÃO IMPORTANTE

Tendo em vista o cumprimento das normas e orientações atualmente em vigor, e na eventualidade do concelho de Vila Real de Santo António poder vir a alterar o seu nível de risco, a organização da iniciativa «Concertos d’Encanto», a ter lugar em Cacela Velha, nos dias 16, 17 e 18 deste mês,  decidiu proceder à alteração do horário dos espetáculos das 21h30 para as 21h00.

Para levantar os bilhetes pré-reservados deverá comparecer à entrada do recinto com 20 minutos de antecedência.

Adicionalmente ao número de reservas disponíveis antecipadamente na plataforma serão disponibilizados no local mais 20 bilhetes por dia que deverão ser levantados nos 20 minutos que antecedem a hora do espetáculo.

A partir das 21h, com o início dos concertos, não serão permitidas entradas nem saídas do recinto.

MERCADINHO DE VERÃO EM CACELA VELHA

SÁBADO, 26 de Junho, das 17h00 às 22h30

Os mercadinhos sazonais regressam a Cacela Velha, depois de mais de um ano de interregno imposto pela pandemia.

No próximo dia 26 de Junho (Sábado) Cacela Velha recebe o Mercadinho de Verão. Artesanato tradicional (empreita, cestaria, latoaria, cerâmica, trapologia…) e novas criações; produtos alimentares da região como o mel, pão, bolos, compotas, licores; flores; cremes e sabonetes naturais; brinquedos artesanais; livros e música são as propostas para este Mercadinho.

A iniciativa realiza-se em cumprimento das normas de controlo e segurança definidas pela DGS no âmbito da pandemia de COVID 19.

Neste contexto, não se realizará a habitual venda de petiscos e reduzir-se-ão os participantes para cerca de metade no sentido de aumentar a distância de segurança entre bancadas.

Será obrigatório o uso de máscara, o distanciamento social e a higienização frequente das mãos.

Apareça!

Organização

CMVRSA/ CIIPC – Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela

Contactos: 281 952 600

ciipcacela@gmail.com

https://ciipcacela.wordpress.com/

ADRIP – Associação de Defesa, Reabilitação, Investigação e Promoção do Património Natural e Cultural de Cacela

adrip.cacela@gmail.com

www.adripcacela.blogspot.com

Continuar a ler

MERCADINHO DE VERÃO EM CACELA VELHA

Inscrições abertas até 16 de Junho

Cacela Velha prepara-se para receber, no próximo dia 26 de Junho (Sábado) mais um Mercadinho de Verão. Artesanato tradicional (empreita, cestaria, latoaria, cerâmica, trapologia…) e novas criações; produtos alimentares da região como o mel, pão, bolos, compotas, licores; flores; cremes e sabonetes naturais; brinquedos artesanais; livros e música são as propostas para este Mercadinho.

A iniciativa realiza-se em cumprimento das normas de controlo e segurança definidas pela DGS no âmbito da pandemia de COVID 19.

Nesto contexto, não se realizará a habitual venda de petiscos e reduzir-se-ão os participantes para cerca de metade no sentido de aumentar a distância de segurança entre bancadas.

Se estiver interessado em participar descarregue o documento com regras obrigatórias a adoptar pelos participantes no Mercadinho de Cacela Velha, retirado do “Plano de contingência para o Coronavírus relativo às Mostras de artesanato/Feiras de Velharias para o Verão de 2020”, da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António e a respectiva ficha de inscrição – artesanato, produtos alimentares ou velharias/antiguidades/artigos de 2ªmão – documentos que se encontram disponíveis em https://ciipcacela.wordpress.com/. A ficha deve ser preenchida e reencaminhada até ao dia 16 de Junho (4ªfeira) para os emails abaixo indicados. As fichas de inscrição devem vir acompanhadas de fotografias dos produtos que serão apreciadas no processo de selecção.

Organização

CMVRSA/ CIIPC – Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela

Contactos: 281 952 600

ciipcacela@gmail.com

https://ciipcacela.wordpress.com/

ADRIP – Associação de Defesa, Reabilitação, Investigação e Promoção do Património Natural e Cultural de Cacela

adrip.cacela@gmail.com

www.adripcacela.blogspot.com

Descarregue as fichas de inscrição e consulte o documento com as regras de participação nos Mercadinhos de Cacela.

NO REUTILIZAR É QUE ESTÁ O GANHO. Renovação criativa de peças de roupa usadas

Orientação: Joana Rocha

CIIPC, Santa Rita

Sábado, 12 Junho, 15h00 às 18h00

Para público em geral (a partir dos 12 anos)

Actividade de reutilização e transformação de peças paradas na guarda-roupa apenas com agulha, linhas e tesoura sem a necessidade da máquina de costura.

A transformação de calças para calções ou de t-shirts para tops é feita através da técnica de corte e decoração com pequenos apontamentos de bordado, pontos de agulha e croché.

A reutilização ou transformação de peças é uma das estratégias de sustentabilidade mais rentável e acessível a todos, para além de dar a possibilidade de personalizar ao gosto de cada um.

Sobre a orientadora Joana Bandeira Rocha

Todo o seu processo e percurso artístico surgiu sempre de uma forma espontânea. Define-se como autodidacta tendo adquirido todos os seus conhecimentos na prática que desenvolveu nos últimos 16 anos. Desde artesanato diverso, roupa e objectos recuperados, passando por workshops, cursos, actividades com crianças, jovens e adultos, organização de eventos e exposições. Apesar da reciclagem de peças ser a sua grande paixão, pela criatividade ilimitada que evoca, actualmente está mais ligada às artes plásticas. Todas as peças trabalhadas são peças tradicionais transpostas para a actualidade dando-lhe cor e padrões novos mas nunca alterando a sua forma.

INSCRIÇÕES

Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela

Antiga Escola Primária de Santa Rita

Tel. 281 952600 | ciipcacela@gmail.com | https://ciipcacela.wordpress.com

As participações são limitadas (10 pessoas). Inscreva-se com antecedência, deixando o nome e contacto.

Deverá trazer uma ou duas peças de roupa (calção, t-shirt) para renovar.

A iniciativa realiza-se com cumprimento das normas de controlo e segurança definidas pela DGS no âmbito da pandemia de COVID 19. Uso de máscara obrigatório.

Inserida no Projeto «Bezaranha».

Continuar a ler

PASSOS CONTADOS 2021

Passos Contados 2021

Estão de volta os “Passos Contados”, passeios pedestres de interpretação da paisagem em Cacela e Vila Real de Santo. Nesta 14ª edição, seis passeios temáticos distribuídos entre Junho e Novembro, propõem novas experiências de interpretação e descodificação das paisagens culturais, seus valores naturais e elementos patrimoniais, no sotavento algarvio. Uma forma diferente e estimulante de conhecer o nosso património, conversando com os orientadores dos percursos e numa relação próxima com a natureza.

Este ano começamos, em Junho, com um percurso que propõe a exploração as margens da Ria Formosa, à procura dos animais da maré baixa com as biólogas Paula Moura e Ana Moura; em Julho vamos observar estrelas e constelações num percurso nocturno com o astrónomo Ricardo Freitas; em Agosto propomos um final de dia na safra do sal nas salinas da foz do Guadiana com os produtores de sal Jorge Filipe Raiado, Sandra Madeira e salineiros; em Setembro vamos conhecer e valorizar o pomar tradicional de sequeiro (o figo, a amêndoa e a alfarroba) no barrocal algarvio com a engenheira Ana Arsénio, o agricultor João Sol e o arquitecto paisagista José Carlos Barros; em Outubro vamos explorar o ciclo do medronho: do fruto à aguardente com os engenheiros Ana Arsénio e David Santo e elementos da população local; terminamos em Novembro com uma experiência de descoberta de Cacela Velha e Vila Real de Santo António a partir da poesia e da prosa com o arquitecto e poeta José Carlos Barros.

PROGRAMA

PELAS MARGENS DA RIA FORMOSA. À PROCURA DOS ANIMAIS DA MARÉ BAIXA

Com as biólogas Paula Moura e Ana Moura

13 Junho (Domingo)

Ponto de encontro: 9h30 em Cacela Velha

OBSERVANDO AS ESTRELAS E AS CONSTELAÇÕES

Com o astrónomo Ricardo Freitas

3 Julho (Sábado)

Ponto de encontro: 21h30 em Santa Rita

FINAL DE DIA NA SAFRA DO SAL

Passeio nas salinas + degustação

Com o produtor de sal Jorge Filipe Raiado e salineiros

28 Agosto (Sábado)

Ponto de encontro: 17h30 em Vila Real de Santo António

O POMAR TRADICIONAL DE SEQUEIRO. O FIGO, A AMÊNDOA E A ALFARROBA NO BARROCAL ALGARVIO

Com a engenheira Ana Arsénio, o agricultor João Sol e o arquitecto paisagista José Carlos Barros

18 Setembro (Sábado)

Ponto de encontro: 16h30 em Vila Nova de Cacela

O CICLO DO MEDRONHO: DO FRUTO À AGUARDENTE

Com os engenheiros Ana Arsénio e David Santo e elementos da população local

16 Outubro (Sábado)

Ponto de encontro: 15h00 em Santa Rita

A POESIA E A PROSA DOS LUGARES: DE CACELA A VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO

Com o arquitecto e poeta José Carlos Barros

7 Novembro (Domingo)

Ponto de encontro: 9h30 em Cacela Velha

INFORMAÇÕES

Os percursos realizam-se aos Sábados ou aos Domingos, entre Junho e Novembro.

Pontos de encontro em Santa Rita no CIIPC (antiga escola primária), Cacela Velha (junto à cisterna), Vila Nova de Cacela (no Largo Manuel Cabanas) ou Vila Real de Santo António (em frente ao Arquivo Municipal), consoante o percurso.

Para os passeios diurnos deverá trazer merenda, cantil com água, calçado confortável, roupa leve, chapéu e protetor solar.

A organização reserva-se o direito de anular a realização de percursos caso se verifiquem condições climatéricas adversas.

INSCRIÇÕES

Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela

Antiga Escola Primária de Santa Rita

Tel. 281 952600 | ciipcacela@gmail.com | https://ciipcacela.wordpress.com

As participações são limitadas (12 pessoas). Inscreva-se com antecedência, deixando o nome e contacto.

A iniciativa realiza-se com cumprimento das normas de controlo e segurança definidas pela DGS no âmbito da pandemia de COVID 19. Uso de máscara obrigatório.

A edição deste ano insere-se no Projeto «Bezaranha», enquadrado na Operação “ALG-04-2114-FEDER-00009 Algarve – Programação Cultural em Rede”, ao abrigo do Programa Operacional CRESC ALGARVE 2020.

ORGANIZAÇÃO

Câmara Municipal de Vila Real de Santo António

Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela

O TOMILHO nº 33

Já saiu um novo número do Tomilho (Maio/Junho), nº 33.

O Tomilho é o boletim do CIIPC / CMVRSA, com edição bimensal, no qual se dá conhecimento das nossas actividades, mas onde se dá também voz à população publicando fotografias antigas e registando memórias, saberes-fazeres, tradições festivas, receitas e objectos. Um instrumento valioso que vem garantindo um envolvimento da população local no trabalho que desenvolvemos.

Neste número, a propósito do mês de Maio, ligado a antigos cultos de fecundidade, consagrado à Virgem Maria e em que se assinala o dia da mãe, o destaque vai para antigas tradições e crenças ligadas à gravidez, parto e pós-parto; memórias da maternidade na aldeia de Santa Rita; e o culto de Nossa Senhora e de Santa Rita nos painéis de azulejos nas ruas da aldeia. Assinalam-se ainda os 20 anos de Arqueologia Medieval em Cacela Velha.

Boas leituras!

O TOMILHO nº 32

Já saiu um novo número do Tomilho (Março/Abril), nº 32.

O Tomilho é o boletim do CIIPC / CMVRSA, com edição bimensal, no qual se dá conhecimento das nossas actividades, mas onde se dá também voz à população publicando fotografias antigas e registando memórias, saberes-fazeres, tradições festivas, receitas e objectos. Um instrumento valioso que vem garantindo um envolvimento da população local no trabalho que desenvolvemos.

Neste número o destaque vai para os almocreves e venda ambulante, numa aproximação à sua história, desde o séc. XVI, e na actualidade a partir de uma fotografia antiga e de memórias orais de habitantes locais. Na rúbrica de Arqueologia damos a conhecer materiais em metal do período medieval (islâmico e cristão) recolhidos nas escavações arqueológicas em Cacela Velha.

Boas leituras!

Publicação de artigo científico sobre a tradição cerâmica em Cacela

Foi recentemente publicado o artigo “A tradição cerâmica em Cacela (Vila Real de Santo António). Uma aproximação a partir dos vestígios arqueológicos, fontes históricas e memórias orais” produzido pela equipa do CIIPC e colaboradores externos, na revista al-‘Ulyà (nº 22, 2020, pp. 129 a 144) do Arquivo Municipal de Loulé.

Este texto resulta de um projecto de investigação sobre a tradição cerâmica em Cacela (cujos primeiros resultados foram apresentados num congresso na cidade de Granada em 2013) que pela primeira vez se debruçou sobre a produção oleira em Santa Rita que subsistiu até meados do séc. XX. Na Olaria Rosa eram feitos alguidares para amassar o pão, potes para conservar as azeitonas, panelas para cozinhar no lume de chão, cântaros para transportar água e infusas para a manter fresca, utensílios essenciais no quotidiano das populações. Através das memórias orais de filhos, netos e habitantes da aldeia, da recolha de peças e da pesquisa histórica, foi possível reconstituir parte deste antigo saber-fazer.

O desenvolvimento de uma tradição oleira nesta aldeia não será alheio ao facto de existirem barreiros nas proximidades com matéria-prima de excelente qualidade e de onde era extraída a argila. A qualidade e disponibilidade dos barros foi provavelmente o motivo que propiciou também a instalação na década de 1930/40 de uma pequena unidade fabril (telheiro), próximo do Serro dos Barros, para produção de telhas e tijolos, e da qual restam ainda as ruínas de um dos fornos.

Porém, os vestígios arqueológicos sugerem a existência de uma tradição oleira muito mais antiga enraizada na região de Cacela. Assim se explicam os vários vestígios de fornos de época romana (Manta Rota e Quinta do Muro), produções locais do período islâmico, como atesta o estudo de colecções cerâmicas exumadas em Cacela-a-Velha, e a construção de uma unidade fabril para fabricação de ladrilhos na Fábrica, junto à Ria Formosa, a poente de Cacela Velha, que ali laborou desde 1892 até à década de 1930.

Pode descarregar o artigo completo aqui: